WhatsApp Image 2022-07-08 at 22.58.29.jpeg
 

o comer é uma prática dotada de diversas linguagens; como afirmou Levi-Strauss, comida não é apenas boa para comer, mas também para representar e fazer pensar

 

comer faz parte da cultura material de um povo e, por essa razão, possui inúmeras dimensões simbólicas - não é à toa que a comida sempre se manifestou em diferentes representações artísticas

nessa degustação sensorial que integra diferentes manifestações de arte e convergem na experimentação de 5 pratos tipicamente brasileiros, os participantes são convidados a sensibilizarem seus sentidos a partir de um amplo universo de produção artística que a comida atravessa, que inclui música, vídeoarte, audiovisual, artes cênicas, literatura e gastronomia

degustação sensorial "Comer é Arte"

 

Idealização e roteiro: Murilo Góes

Direção artística: Gê Viana

Elenco: Murilo Góes e Paula Ceotto

Técnico de cenografia: Luiz Cláudio Siqueira

Técnico de áudio: Reginaldo Tolentino 

Técnico de iluminação: Carmelino Souza

Fotografias: Magda Sirtoli

Produção culinária: Macunaíma Merenda e Café 

Programação visual: Clã Arte Studio

Produção executiva: Murilo Góes

WhatsApp Image 2022-07-08 at 22.58_edited.jpg
 

quem somos?

entusiastas por vivências culturais a partir da comida brasileira

da rapsódia de Mário de Andrade, surgem inspirações para um grupo multidisciplinar de estudos e trabalhos em que a alimentação é pretexto para desenvolver observações em torno da ciência, da arte, da história e da política, em instalações e eventos itinerantes

breve histórico

o projeto de restaurante dialogava com insumos provenientes de produtores da agricultura orgânica de núcleos familiares de cidades do Espírito Santo, além de outros fornecedores da produção artesanal; no mesmo espaço, eventos formativos sobre comida criaram ciclos de conversas sobre os valores culturais relacionados à alimentação

entre março e setembro de 2021, funcionamos como restaurante no sítio histórico de Vila Velha (ES)

 

idealizado pelo letrista e gastrônomo Murilo Góes, o espaço se fundamentava pela obra homônima de Mário de Andrade, em que comidas características de diversas regiões do Brasil eram servidas em um cardápio semanal rotativo

desde dezembro de 2021, o Macunaíma organiza estudos para uma nova ocupação no espaço do Clã Arte Studio, - um núcleo de pesquisa e experimentação em Arte Contemporânea - no Centro de Vitória (ES)

"Comer é Arte" é uma proposta de degustação sensorial que busca integrar diferentes manifestações de arte em torno da experimentação de comida brasileira; os participantes são convidados a se sensibilizarem  a partir de um amplo universo de produção cultural e artística atravessado pelos pratos da degustação

murilo góes

 
 
23.jpg

letrista e gastrônomo, Murilo é mestre em ensino de humanidades, desenvolvendo pesquisas e trabalhos que relacionam comida brasileira a outros campos culturais e artísticos, como literatura, linguística, teatro e audiovisual 

nessa perspectiva cultural, desenvolveu a escrita e a direção da dramaturgia infantil "A Geladeira Mágica" (2019), com produção da WB Produções; pela editora Nhac Books (2020), publicou a narrativa ilustrada "A Secreta Receita"

 

faminto pelas relações socioculturais possibilitadas pela comida, viaja o Brasil em busca de mapear a diversidade da cultura alimentar popular no país


contato e localização

  • Instagram