7.jpg

quem fomos?

entre março e setembro de 2021, fomos uma intervenção cultural relacionada à alimentação no sítio histórico de Vila Velha (ES); idealizado pelo letrista e gastrônomo Murilo Góes,  o espaço atuou como restaurante tematizado pela obra homônima de Mário de Andrade em que comidas típicas de diversas regiões do Brasil eram servidas em um cardápio semanal rotativo

o projeto dialogava com insumos provenientes de produtores da agricultura orgânica de núcleos familiares de inúmeras cidades do Espírito Santo, além de outros fornecedores de produtos exclusivamente artesanais; no mesmo espaço, eventos formativos sobre comida foram promovidos no intuito de criar ciclos de conversas sobre os valores culturais que envolvem a alimentação

 
 

quem somos?

incansáveis entusiastas de experiências culturais com a comida brasileira!

das páginas da rapsódia de Mário de Andrade, surgem inspirações para um grupo de estudos multidisciplinar em que a alimentação é pretexto para desenvolver reflexões em torno da ciência, da arte, da história e da política, a partir de eventos cíclicos e ambulantes

enquanto um novo espaço físico não é temporariamente ocupado, desenvolvemos um trabalho com publicações virtuais e atendemos a eventos privados com um cardápio de pratos típicos da tão diversa comida do Brasil


bem-vindo e bom apetite! 

murilo góes

23.jpg

letrista e gastrônomo, Murilo é mestre em ensino de humanidades e desenvolve pesquisas culturais sobre literatura, linguística e alimentação

em diálogo com o público infantil, escreveu a dramaturgia "A Geladeira Mágica", atualmente em circulação pelo Brasil, e a narrativa "A Secreta Receita", pela editora Nhac Books

 

faminto pelas relações socioculturais possibilitadas pela comida, viaja o Brasil em busca de mapear a diversidade da cultura alimentar popular no país


idealizador do projeto "Macunaíma", articula eventos para ampliar as reflexões sobre cultura e comida em diversos espaços sociais, sobretudo os escolares

 
 

contato

  • Instagram